segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Cajueiro Florido



Nada me recorda tanto a Infância quanto um pé de Cajueiro, de preferência, florido.

Campus da Cidao, agosto de 2009.

4 comentários:

  1. "Meu pequeno Cajueiro...vivo só pensando em ti. rsrsrs O homem que relembra do seu passado com felicidade, tem bom coração e uma vida digna.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. “Os meus sonhos de menino
    Estão no meu peito escondidos
    Sonhos, lembranças e amigos
    - Detalhes no tempo perdidos,
    Que aos olhos um aguaceiro
    Trazem-me ao ver um cajueiro
    Principalmente estando florido.” – Poeta do Silêncio

    ResponderExcluir